Associados
Contactos
Estatutos
Órgãos Sociais
Livros
Revista
Crianças em Notícia
Elementos para uma teoria da notícia
Jornalismo e Actos de Democracia
Memórias Vivas
O Euro e as Identidades Políticas
Os jovens e a Internet
Televisão e as imagens da diferença
EU Kids Online
Falar Cinema
Falar Televisão
Workshops
Lançamento do livro "Écrãs em Mudança"
Memória CIMJ
Seminário Internacional 2006
 
 

O Espaço Opinião na imprensa de referência portuguesa: 1980-1999

Rita Figueiras

Resumo: Neste artigo pretendemos analisar o Espaço Opinião na imprensa de referência portuguesa, entre 1980 e 1999. Através da caracterização das rubricas que compõem este espaço nos jornais analisados, pretendemos saber quem representa a Opinião Pública: os colaboradores permanentes? Os leitores, através da publicação das suas cartas? Os cidadãos anónimos que respondem a inquéritos de opinião? Através do grau de abertura/fechamento do Espaço Opinião, podemos definir tendências no sentido da democraticidade deste Espaço, acompanhando a sua evolução ao longo dos 20 anos em análise. Pretendemos, ainda, reflectir sobre a influência da transformação do Campo dos media (liberalização, comercialização e concentração da propriedade) no Espaço Opinião da imprensa estudada. Palavras-chave: Espaço Público, Opinião Pública, Espaço Opinião, Opinion Makers, Imprensa de Referência.
Spaces of opinion in the Portuguese Quality Press 1980-1999 In this article, the spaces of opinion are analysed in the Portuguese quality press over the last two decades of the 20th Century, 1980-1999. By examining the structure of these spaces, the question that is posed is who represents public opinion? the permanent columnists? the readers through their letters to the Editor? anonymous citizens via their responses to public opinion polls? Over the 20 year period, how has the space of opinion evolved? Do the main tendencies point to an increased democratisation of this space?
La Section de l´Opinion dans la presse d´information générale portugaise : 1980-1999 Cet article concerne la section de l’Opinion dans la presse d’information générale entre 1980 et 1999. Nous analysons les rubriques que caractérise cette section-là, à fin de répondre à une demande : Qui représente l’Opinion Publique? À partir de l’analyse de l’accès a cette section, nous voulons vérifier sa démocratisé pendant les 20 ans analysés. Nous voulons aussi savoir l’influence de la transformation dans le Champ des Nadia au Portugal (Libéralisation, Commercialisation, Concentration de la Propriété) à la section de l’Opinion dans les journaux analysés. Mots-clé: Sphère publique; Opinion publique; Section d´Opinion, Opinion makers; Presse
 

Artigos
Democracia e Direitos Humanos, no Séc. XXI

Tendências do Jornalismo Contemporâneo – Estarão as notícias leves e o jornalismo crítico a enfraquecer a Democracia?
         

Os administradores de ilusões: espectáculo, subjectividade e ideologia na cultura mediática contemporânea
         

Percursos
Entrevista a Dominique Wolton

Recensões
Dos Efeitos à Recepção: Algumas pistas de leitura

Artigos
Imagens da Imigração em Portugal
         

O Espaço Opinião na imprensa de referência portuguesa: 1980-1999
         

Qualidade percebida de quatro jornais on-line brasileiros
         

Recensões
Neveu, Érik (2001), Sociologie du journalisme

Gitlin, Todd (2001), Media Unlimited

Zelizer, Barbie e Allan, Stuart (2002), Journalism after September 11

Camponez, Carlos (2002), Jornalismo de Proximidade: rituais de comunicação na imprensa regional
© Centro de Investigação Media e Jornalismo, 2000-2006 | última actualização: 29.04.2004