Projectoslinks
  weblog >

MEDIA E JORNALISMO Investigação, Recursos e Ideias

Outros weblogs
Jornalismo e Comunicação
Ponto Media

 
Sexta-feira, Abril 04, 2003
 
MEDIA E JORNALISMO Ideias

Na crónica de hoje, Mário Mesquita refere-se aos jornalistas embutidos nas unidades militares para concluir: "Em qualquer caso, por maiores que sejam os progressos na tecnologia das comunicações, jamais será possível conjugar eficácia militar e liberdade de Imprensa. Não há receita que permita conciliar, sem contradições, o segredo militar e a informação jornalística."


 
Quinta-feira, Abril 03, 2003
 
MEDIA E JORNALISMO Recursos

No Le Monde referem-se os problemas que encontram os arquivos audiovisuais do INA (Institut National de l’Audiovisuel). Este Instituto, é dirigido por Emmanuel Hoog, que está previsto para intervir no Falar Televisão, já tendo mesmo dado o seu acordo para uma próxima vinda.
Desde 1995 que as estações de televisão privadas francesas são obrigadas ao depósito legal, pois as públicas já o eram.
Em Portugal, o Arquivo das Imagens em Movimento é um arquivo de cinema, dependente da Cinemateca. Julgo que é muito criticável juntar o arquivo da RTP ao do Cinema, deixando de fora as televisões privadas e também a rádio. Os nosso governantes ainda não perceberam que a memória audiovisual deve ser preservada, que é um património e um recurso do país. Se há dez estádio de futebol novos não poderiam também ser preservadas, num local específico, as imagens e sons que fabricamos?




 
Quarta-feira, Abril 02, 2003
 
MEDIA E JORNALISMO Recursos

Vale a pena ir ao site do Instituto de Estudos Jornalísticos, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra . Em minha opinião a consulta que se pode fazer do acervo da Biblioteca deveria ser um exemplo para as Universidades e cursos que ainda têm os livros dentro de armários…com pó. Quando os têm....



 
Terça-feira, Abril 01, 2003
 
MEDIA E JORNALISMO A guerra

1 Em dois momentos em que me desloquei, hoje, de carro, pude ouvir na TSF várias intervenções de ouvintes e de correspondentes, discutindo a cobertura jornalística da Guerra do Iraque. Interessante que se debata esta construção narrativa sobre o conflito e que a rádio (e os jornalistas e o público) tenham disponibilidade para reflectirem sobre as imagens, os sons e as palavras que nos inundam de guerra.

2 Quer no Público , quer no DN se refere o despedimento de Peter Arnett da NBC por este ter dado uma entrevista à televisão iraquiana em que reconhece que a ofensiva não está a dar os resultados esperados. Os jornalistas devem fazer entrevistas, relatar factos, não dar entrevistas.Pelo menos, na NBC.

3 No Público uma entrevista com Dominique Wolton que sublinha o pluralismo informativo introduzido pela Al Jazira: "A Al-Jazira é importante, porque impõe o pluralismo, impõe o respeito do adversário e é, sobretudo, um fermento de liberdade para o conjunto do mundo árabe."

4 Ainda no Público o quarto artigo de Eduardo Cintra Torres sobre a Guerra. Esperemos que os jornalistas tenham tempo para ler as críticas do Olho Vivo…


 
Segunda-feira, Março 31, 2003
 
MEDIA E JORNALISMO

No DN, hoje, assinala-se o prémio de Liberdade de Expressão do Index on Censorship que teria sido concedido à Al-Jazira.
Diz Fernando de Sousa, delegado em Bruxelas do DN: "Esta estação, com sede no Qatar, tem apresentado a perspectiva árabe sobre a guerra, frequentemente de zonas onde outras cadeias internacionais, como a BBC ou a CNN, têm dificuldade em penetrar. O seu trabalho tem sido reconhecido por oferecer uma perspectiva alternativa respeitada e complementar.



 
Domingo, Março 30, 2003
 
MEDIA E JORNALISMO

Eis como Elizabete Vilar relata a conferência de 5ª feira (o Falar Televisão 12), numa peça intitulada A síndroma da edição especial





This page is powered by Blogger. Isn't yours?
© Centro de Investigação Media e Jornalismo, 2003