Projectoslinks
  weblog >

MEDIA E JORNALISMO Investigação, Recursos e Ideias

Outros weblogs
Jornalismo e Comunicação
Ponto Media

 
Sexta-feira, Março 14, 2003
 
IDEIAS

Na crónica de hoje do Público, o nosso colega Mário Mesquita, faz uma interessante reflexão sobre a entrevista de Dan Rather a Sadam Hussein que passou na CBS e sobre as críticas e aplausos que esta recolheu na imprensa norte americana. Destaco das suas conclusões
"Em tempo da intervenções militares, a deontologia jornalística é demasiado frágil para se sobrepor com sucesso à lógica das estratégias políticas e militares. Censura, desinformação e propaganda misturam-se em diferentes proporções, consoante as circunstâncias, mas não está demonstrado que a gestão da informação estatal e monolítica, à semelhança do regime ditatorial iraquiano, possua virtualidades superiores às dos regimes democráticos e pluralistas."



 
IDEIAS

No Diário de Notícias são denunciadas hoje práticas de jornalistas que aliciam alunos da Casa Pia com oferecimento de dinheiro, tendo em vista a otenção de informações. A PJ estará na disposição de avançar com a prisão de jornalistas que actuem dessa forma, segundo a jornalista Cadi Fernandes.
Pelo menos dá gosto ver que aqui não se avançam nomes dos jornalistas nem mesmo das estações de televisão que os empregam.....


 
Quinta-feira, Março 13, 2003
 
INVESTIGAÇÃO

Um dos aspectos relevantes na discussão sobre as relações entre a televisão e a sociedade civil foi a intervenção recente da Universidade do Minho que editou um livro intitulado Televisão e Cidadania. Ainda recentemente José Vítor Malheiros escrevia no Público: "Portugal é provavelmente o país da União Europeia onde as instituições de educação superior e científicas se encontram mais ausentes da vida nacional, dos debates públicos e que menos contribuem para definir critérios de acção, avaliar decisões ou formar a opinião. Pura e simplesmente, a universidade portuguesa não existe na nossa vida pública. Quer se trate da necessidade do segredo de justiça, do tratamento de crianças abusadas ou das consequências dos nitrofuranos para a saúde pública, temos de nos contentar com os discursos de ministros onde são anunciadas as medidas de excepção do momento". Ora esta iniciativa da Universidade do Minho é exactamente uma excepção que confirma a (infeliz) regra. Por isso organizámos um Falar Televisão (o 10º), em 19 de Fevereiro, no Instituto Franco Português, sobre o tema Televisão, Estado e Sociedade Civil. Daqui damos os parabéns pela iniciativa ao Manuel Pinto e aos outros colaboradores do livro (Helena de Sousa, Joaquim Fidalgo, Felisbela Lopes, Helena Pires, Luís António Santos) bem como ao Director do Núcleo de Estudos de Comunicação e Sociedade, Moisés de Lemos Martins.

Televisão e Cidadania: Contributos para o debate sobre o serviço público, Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, Braga, 2003.


 
IDEIAS

Segundo o Diário de Notícias de hoje (em noticia não acessivel pela Internet), a RTP e a TVE teriam feito um acordo, nomeadamente no domínio dos arquivos. Pelo menos a RTP bem precisa....
Ainda no Domingo vi a reportagem do enterro do nosso colega Fernando Balsinha mas não vi a tão falada intervenção do Fernando no dia 25 de Abril de 1974. Porquê?
Alias, como se sabe, o património de imagens de televisão não é apenas o referente ao serviço público. As outras imagens (da SIC e da TVI) também são de interesse público para retomar a concepção defendida por José Jorge Barreiros no último Falar Televisão. E, que me conste, essas, não estão a ser depositadas e arquivadas em sítio nenhum. Que memória tem um país que esquece as imagens de televisão?


 
Quarta-feira, Março 12, 2003
 
INVESTIGAÇÃO

O último livro de Serge Tisseron "Les bienfaits des Images" é um livro estimulante com uma tónica mais sobre os benefícios das imagens do que sobre os seus malefícios. O autor não deixa contudo de reflectir sobre quando e como estas se tornam nocivas.
Na opinião de Serge Tisseron as imagens de actualidade tornam mais necessária a educação do olhar do que as imagens de ficção...pag 94.
Tisseron, Serge, Les Bienfaits des Images, Paris, Odile Jacob, 2002
Este pequeno texto foi tirado de um outro blogger que iniciei intitulado Educação à imagem


 
INVESTIGAÇÃO  

Data de Março de 1998 uma investigação feita pelo Project for Excellence in Journalism sobre o modo como está a mudar o conceito do que é notícia.
O estudo abre com esta interrogação: "Is there really a trend toward entertainment as news? If there is, what form does it take?" A sua consulta pode ser interessante para o debate do dia 27 de Março, no IFP.


 
RECURSOS

Jornais de todo o mundo podem ser consultados a partir deste media link. São 104 os jornais portugueses elencados.


 
Foi publicada a primeira «newsletter» do projecto EDUCAUNET no sítio , onde se dá conta da natureza e dos objectivos deste projecto. Transcrevem-se aqui o resumo dos conteúdos deste primeiro número e um breve excerto do artigo sobre as perspectivas da participação portuguesa.

EDUCAUNET - Critical Educational Approach to Internet Risks
February 28th 2003 - Newsletter 1
EDUCAUNET : Education critique aux risques liés à l'usage d'Internet
Vendredi 28 février 2003 - Lettre n°1
http://www.educaunet.org

WHAT'S EDUCAUNET?
Educaunet is a European education programme for children and young people.
It aims at teaching them about the Internet and the possible risks linked
to its use. Educaunet partners will implement a European awareness campaign
and training sessions for parents, teachers and educators, and produce a
set of pedagogical activities.
http://www.educaunet.org/newsletter/whatseducaunet_en.html

QU'EST-CE QU'EDUCAUNET?
Educaunet est un programme européen destiné aux jeunes. Il a pour but de
leur apprendre à naviguer en toute responsabilité sur Internet, en les
rendant autonomes, critiques et responsables, capables d'apprécier les
richesses de ce média, tout en percevant avec justesse ses écueils.
Il sensibilise les parents, les enseignants et les éducateurs à travers des
actions d'information et de formation et grâce à un ensemble d'activités
éducatives produites et validées dans sept pays d'Europe.
http://www.educaunet.org/newsletter/whatseducaunet_fr.html

SUMMARY
First Step in Denmark
Danish and Swedish Parents Talk about the Internet
Educaunet Crosses the English Channel
Educating to the Internet: the French Ministry Has Chosen Accountability
In France, School and Family United in face of the Internet
The Belgian Pupils are about to "Click Smart"
Internet Education: Research and Evaluation
Austrian Team Launched Educaunet
Educaunet in Action in Greece
Educaunet Goes South-West!
The Safer Internet Awareness Campaign

SOMMAIRE
Premiers pas au Danemark
Les parents danois et suédois parlent de l'Internet
Educaunet traverse la Manche
Education à Internet: le ministère français choisit responsabilisation
En France, école et famille réunies autour d'Internet
Les élèves belges vont " Cliquer futés "
L'éducation à Internet: recherche et évaluation
Educaunet est lancé en Autriche
Educaunet en action en Grèce
Educaunet, Cap au Sud Ouest!

EDUCAUNET GOES SOUTH-WEST!
The Educaunet Portuguese team, working at University of Algarve, started
some cooperation actions with Spanish colleagues from the University of
Huelva in the neighbour province of Andalusia. They are trying to develop a
common linguistic and cultural approach to some of the Educaunet major
issues, namely preventing the risks of the Internet by increasing its use
in a cross-cultural context. By Vítor Reia-Baptista - University of Algarve
(Portugal)
http://www.educaunet.org/newsletter/portugal_en.html

EDUCAUNET, CAP AU SUD OUEST !
L'équipe portugaise d'Educaunet, qui travaille à l'université d'Algarve, a
lancé des actions en collaboration avec ses collègues espagnols de
l'université de Huelva, dans la province voisine d'Andalousie. Elle tente
de concevoir une approche linguistique et culturelle commune des grandes
dimensions d'Educaunet. Elle s'attache en particulier à l'idée que
favoriser l'utilisation d'Internet dans un contexte trans-culturel peut
prévenir les risques. Par Vítor Reia-Baptista - Université d'Algarve
(Portugal)
http://www.educaunet.org/newsletter/portugal_fr.html



 
No Público de hoje Sofia Rodrigues refere a audição de Luiz Andrade, director de programas da RTP na subcomissão de Direitos Fundamentais e Comunicações da Assembleia da República. Arons de Carvalho, "o antigo secretário de Estado dos Governos socialistas de António Guterres fez apenas alguns reparos à área de informação, nomeadamente a "duas ou três reportagens sobre pedofilia" e a transmissão de entrevistas a pessoas de rosto tapado e voz descoberta, embora neste caso a RTP o tenha feito "muito menos do que a TVI".

Apesar da ausência do director de informação, José Rodrigues dos Santos, Luiz Andrade não se negou a responder, considerando que, enquanto director de programas e espectador, "houve uma grande melhoria" na área da informação. Quanto às reportagens sobre pedofilia, Luiz Andrade afirmou que "nos três canais foi brutal assistir com as crianças a tudo".

Em que ficamos? A melhoria deve exceptuar o trabalho feito no caso da pedofilia? Ou, em novo caso, teremos o mesmo nivelamento da informação da RTP com o dos outros canais generalistas? O serviço público não deve servir para introduzir um padrão de qualidade na informação?


 
Terça-feira, Março 11, 2003
 
AGENDA

School of Journalism, St.Petersburg State University
ST.PETERSBURG, RUSSIA

EIGHTH INTERNATIONAL JOURNALISM SUMMER SCHOOL
ON "MEDIA AND ELECTIONS"

24 June - 5 July 2003
St.Petersburg, Russia

The Mass Media Center of the School (Faculty) of Journalism at St.
Petersburg State University (SPbGU) is inviting journalists, scholars,
educators, students, and communication specialists from around the world to
take part in the Eighth Annual International Journalism Summer School,
beginning June 24. This is the excellent opportunity to widen the view on
media studies studying Russian media and journalism in the political, social,
economic, legal, ethnic and cultural perspective.

Leading university professors and professional journalists will lead the two-
week course, which will include lectures and practical workshops devoted to
several issues, questions and problems related to electoral campaigns and
political journalism. Courses are given by the best faculty and staff of the
School of Journalism at St.Petersburg State University and experienced
professionals from a wide variety of St.Petersburg media.

Summer school participants will examine and discuss professional methods
of electoral technologies, political journalism, "Kompromat" (compromising
materials) and "information wars" in journalism, journalism ethics and mass
media regulation, and the specific issues related to elections and election
campaigns. Participants will have the opportunity to discuss these topics
with professional journalists during the site visits to media outlets as well as
during a roundtable scheduled for July 5.

The course also includes an extensive cultural program, with sightseeing city
bus tour and excursions to the State Hermitage Museum, the Russian
Museum, Peterhoff, and the Marinsky Theater.

Working languages: English and Russian. The programme will be conducted
in Russian, with English translation.

Registration until: 1 June 2003.

The Mass Media Center will provide participants with training, formal
invitations for visas, dormitory housing, lunches, visits to St.Petersburg
editorial boards, information package, video film on the 2003 Summer
School, group photograph and sightseeing programme during the White
Nights Season.

Tuition fee (including training, formal invitations, dormitory housing,
lunches, information kit, group photograph, video film, site visits, Certificate
of the University and cultural programme) is 26400 Russian Roubles for
participants from western countries, 23100 Russian Roubles for participants
from developing, CEE (Central and East European) and Baltic countries and
19800 Russian Roubles for participants from Russia and other countries of
the Commonwealth of Independent States (CIS). Discounts for groups are
also possible. Participants can pay money only in Russian Roubles directly in
St.Petersburg or via bank transfer (also in Russian Roubles).


 
Segunda-feira, Março 10, 2003
 
IDEIAS

Hoje, na coluna da Provedora dos Leitores do Diário de Notícias, a nossa colega Estrela Serrano faz uma reflexão sobre o Poder dos Jornalistas.
"No que respeita ao DN, alguns condenam o que chamam «fervor guerreiro» de certos editoriais, perguntando se, em vez de tentarem influenciar e condicionar a opinião pública, os jornalistas não deveriam apresentar os acontecimentos de uma maneira desapaixonada e transparente. Questionam, porisso, «o poder dos jornalistas»." Estrela Serrano mostra que a resposta a esta questão, passando embora pelos modos de produção das notícias, deve envolver também outras dimensões explicativas.




This page is powered by Blogger. Isn't yours?
© Centro de Investigação Media e Jornalismo, 2003